Acelerador de negócios Carnegie Mellon Portugal leva ideias lusas aos EUA

O programa inRes vai para a sua terceira edição e este ano conta com a participação de cinco novas equipas. Entre setembro e novembro parte delas viajará até Sillicon Valley para sete semanas de formação.

O Porto vai ser palco de mais uma edição do programa “Entrepreneurship in Residence” (inRes), uma iniciativa da Carnegie Mellon Portugal que tem levado à aceleração de vários negócios nacionais da área das TIC nos últimos anos. A primeira fase arranca esta quinta-feira, dia 30, no Instituto de Engenharia de Sistemas e Computadores, Tecnologia e Ciência.

Esta 3ª edição vai contar com a entrada de cinco novas equipas – All in Surf, Helppier, James, Smart Insole e Wireless Link – e vai, durante os workshops iniciais, focar-se na afinação dos conceitos de produto e negócio com uma equipa de mentores que inclui Robb Myer, empreendedor residente da Carnegie Mellon University (CMU) e fundador da startup NoWait.

Posteriormente, entre os meses de setembro e novembro, as equipas serão levadas para uma temporada de sete semanas nos Estados Unidos, onde farão parte de um plano de imersão nos campus de Pittsburgh e Sillicon Valley da CMU. Durante este período, as equipas participarão numa série de seminários, workshops, sessões “hands-on” e outros eventos.

Para João Claro, coordenador do inRes, esta é uma forma de “dar às equipas uma oportunidade de formação relevante, em que, neste primeiro momento, podem usufruir de workshops intensivos e começar a trabalhar numa rede de contactos mais alargada, nomeadamente através do acesso a especialistas e mentores”.

Em comunicado, a CMU considera que a participação no inRes tem grande relevância para as equipas participantes, podendo ser uma catapulta para futuros mais prósperos. “Temos conseguido impulsionar estas equipas de forma sólida, contribuindo para o sucesso de novos produtos e serviços num mercado internacional, aumentando a sua viabilidade, sustentabilidade e competitividadade”, declarou João Claro. 

Será nossa a próxima Google? Recorde aqui as equipas selecionadas para as edições de 2014 e 2015.  

Source: Sapo TeK