Apple e Foxconn produziram ilegalmente iPhones na China. Empresa da maçã já reagiu

A Apple já veio negar a maior parte das acusações, mas confirma uma delas. Cerca de 50% dos trabalhadores na fábrica chinesa têm contrato temporário, quando o valor máximo é 10%.
Source: Sapo TeK