Apple quer fabricar iPhones na Índia mas não quer cumprir as regras

A empresa de Cupertino já submeteu ao governo um pedido de “flexibilização” das leis para que o design minimalista dos seus smartphones não seja arruinado.

A Índia é atualmente o segundo maior mercado de smartphones à escalada mundial, perdendo o primeiro lugar apenas para a China. Com isto em mente, não será surpreendente que fabricantes de dispositivos móveis queiram conquistar uma posição mais destacada no país.

A Apple é um dos grandes nomes da indústria tecnológica a deixar claras as suas ambições de “assentar arraiais” na Índia. Contudo, parece que a empresa liderada por Tim Cook não quer alinhar-se com as normas reguladoras do sector indiano.

De acordo com o Economic Times, a Apple, que faz tenções de instalar fábricas no país sul-asiático, está a pedir ao governo de Nova Deli para que as regras de rotulação dos artigos de eletrónica de consumo não sejam aplicadas aos dispositivos da marca da maçã.

A lei indiana requer que todo o tipo de artigos produzidos na Índia, desde a alimentação às bugigangas tecnológicas, tenham – no próprio produto – impressas informações como o nome e morada do importador, a data da embalagem, preço máximo de venda e o local de produção.

Face a isto, a Apple pede que seja aberta uma exceção para que o design minimalista dos seus iPhones não seja desvirtuado, incluindo as referidas informações no software ou na caixa dos aparelhos.

Diz o site indiano que a tecnológica de Cupertino está também a negociar com o governo a cedência de incentivos fiscais no país, algo que alegadamente está a ser analisado pelo Ministério das Finanças indiano.

Source: Sapo TeK