Europeus vão gastar mais de 500 mil milhões de euros em compras online este ano

Fazem-se cada vez mais compras eletrónicas e com o número de compras a aumentar, aumentam também as receitas. Em 2015 a subida foi de 13,3%.

O comércio eletrónico na Europa gerou 455,3 mil milhões de euros em 2015, valor que representa uma subida de 13,3%. Este ano as compras online feitas no Velho Continente deverão passar a barreira dos 500 mil milhões de euros pela primeira vez.

Os dados fazem parte do mais recente European B2C E-commerce Report, da Ecommerce Europe, que aponta para a existência de cerca de 296 milhões de cibercompradores na Europa, que gastaram uma média de 1.540 euros cada um em compras online, ao longo de 2015.

Os valores deverão continuar a crescer prevendo-se que atinjam os 510 mil milhões de euros este ano, passando para os 598 mil milhões em 2017 e para os 660 mil milhões em 2018.

O Reino Unido, a França e a Alemanha são indicados como os maiores contribuidores, representando juntos mais de 60% das receitas totais. O Reino Unido lidera como mercado B2C de maior dimensão (157,1 mil milhões de euros) e em gasto médio por compra (3.625 euros). Contudo, a Alemanha tem mais “cibercompradores” – 51,6 milhões versus 43,4 milhões.

Já a Ucrânia, a Turquia e a Bélgica são os mercados que cresceram mais – respetivamente 35%, 34,9% e 34,2%.

 O relatório deixa previsões otimistas para a indústria do comércio eletrónico, além de todo o espaço que ainda há para crescer, quando apenas 43% da população europeia faz compras através da Internet, e só em 16% dos casos em lojas de outros países que não o seu.

Source: Sapo TeK