Gigantes da tecnologia não estão a tomar medidas suficientes para travar a pornografia infantil online

Embora as empresas tecnológicas tenham sinalizado, em 2018, cerca de 45 milhões de imagens e vídeos ilegais, uma investigação revela que a sua atuação está, em muitos dos casos, a abrir a porta à exploração sexual infantil online.
Source: Sapo TeK