IFA 2016: Huawei surpreende com nova linha de smartphones e novo MediaPad

A tecnológica chinesa rumou a Berlim para apresentar dois novos telefones de gama média, um tablet e novas cores para o seu topo de gama P9.

Que a Huawei tinha novidades para revelar, era óbvio. A “pompa e circunstância” do evento, que ficou desde logo marcada pelo aluguer do Velodrome de Berlin, colocava uma infinidade de possibilidades que poderiam ganhar corpo durante esta quinta-feira. Mas enquanto um novo tablet estaria facilmente dentro das hipóteses, a linha de novos smartphones nem por isso.

 

A empresa mostrou-nos assim dois novos equipamentos que serão a  coqueluche da sua gama média: o Nova e o Nova Plus.

Na versão standard a Huawei integrou um ecrã de 5 polegadas com 443 ppi, uma bateria de 3.020 mAh (que deve durar cerca de dois dias com um único carregamento), sensor multifunções de impressões digitais, 3GB de RAM, 32GB de armazenamento interno expansíveis até aos 128Gb com cartão microSD, processador octa-core Snapragon 625 de 2Ghz, entrada USB-C, uma câmara traseira de 12 megapíxeis com tecnologia de estabilização ótica de imagem e uma dianteira com 8MP. Há ainda suporte para dois cartões SIM e uma tonelada de funcionalidades de aperfeiçoamento facial que se articulam entre si para melhorar as suas selfies.

O Nova Plus repete todas estas especificações, mas distingue-se do seu irmão mais pequeno em três características que aqui ficam: mais 0.5 polegadas de ecrã, bateria de 3.340mAh e 16MP na câmara traseira.

No que ao design diz respeito, este Nova parece repescar algumas linhas do Nexus 6P na zona traseira do equipamento e um layout semelhante ao do iPhone 6 na zona frontal. Mas o que no papel pode parecer estranho, na prática, funciona. O Plus, por sua vez, parece beber inspiração da traseira do Mate 8.

Ambos os telefones são lançados no mercado no início do mês de outubro por 399€ e 429€, respetivamente, no entanto, o Nova Plus não vai estar disponíveil em Portugal.

Source: Sapo TeK