Metade dos utilizadores do Note 7 querem trocá-lo por um iPhone

Cerca de 50% dos utilizadores do agora extinto Galaxy Note 7 dizem que querem substituir estes phablets por iPhones. Esta conclusão é avançada por um estudo da IDC, que revela que a Apple é quem parece estar a ganhar mais com esta tragédia da empresa sul-coreana.

A Samsung pôs um “ponto final” à produção do Galaxy Note 7 no passado dia 11 de outubro. Com este phablet, a tecnológica pretendia fazer crescer a sua quota no mercado dos dispositivos móveis, mas o tiro saiu-lhe pela culatra quando vários utilizadores comunicaram explosões relacionadas com o sobreaquecimento das baterias de lítio dos telemóveis.

Um estudo recente publicado pela IDC que abrangeu utilizadores atuais do Galaxy Note 7, bem pessoas que já tiveram este telemóvel e outras que possuem dispositivos de outras marcas, espelha que, na guerra, os espólios não são deixados “ao deus-dará”.

Quase metade dos consumidores abordados refere que já tem ou vai adquirir um dos smartphones da Apple, em substituição do seu Galaxy Note 7. Apenas 17% mostrou estar disposto a comprar outro telemóvel da Samsung.

Ainda, a maior parte dos respondentes afirma que quer entregar o seu Note 7 numa loja física da sua operadora.

Citada pelo site Gadgets Now, a analista da KGI Securities Ming-Chi Kuo sublinha que, depois de todos os acontecimentos polémicos que circundaram os Note 7, a Apple não deverá ter muita dificuldade em aliciar os consumidores para “o lado iOS da Força”.

Apesar destes contratempos, a grande maioria dos utilizadores questionados diz que os problemas com o Note 7 não vão fazer com que deixem de comprar outros produtos da Samsung, como eletrodomésticos e televisores.

De acordo com Tom Mainelli, vice-presidente da área de dispositivos da IDC, os consumidores consideram que a resposta da Samsung face aos problemas do Galaxy Note 7 foi rápida e eficaz e que acreditam que a empresa vai conseguir recuperar deste episódio menos feliz da sua história.

Source: Sapo TeK