MWC17: HTC quer ajudar a levar qualquer objeto para a realidade virtual

Chama-se Vive Tracker e é o novo dispositivo da tecnológica de Taiwan. Os programadores vão poder comprá-lo a partir do final do próximo mês.

A HTC aproveitou o Mobile World Congress para apresentar o Vive Tracker, um dispositivo de deteção que transforma qualquer objeto num periférico de realidade virtual. Naturalmente que este produto funciona com o Vive, o dispositivo de realidade virtual da HTC e da Steam.

O Vive Tracker vai ser colocado à venda por 100 dólares, cerca de 94,48 euros à taxa de câmbio atual, no dia 27 de março, ainda que na primeira fase só os programadores tenham acesso ao produto. O dispositivo, que está a ser mostrado também na Game Developers Conference, é colocado num determinado objeto, como por exemplo um taco de golfe, e leva esse mesmo objeto para os ambientes virtuais.

Citado pelo Venture Beat, Daniel O’Brien, executivo da HTC, explica que a empresa vê “um futuro incrivelmente forte para a realidade virtual e criámos um ecossistema inteiro à volta do Vive”, ecossistema esse que “está a evoluir, a adaptar-se e vai continuar a crescer e a levar a indústria para a frente”.

Diz a HTC que já recebeu 2.300 candidaturas para os primeiros mil Vive Trackers. Estas candidaturas estão presentes em várias aplicações que não jogos, como educação, treino e saúde, por exemplo. 60% das candidaturas recebidas nada têm a ver com conteúdo de jogos ou entretenimento.

Acompanhe todas as novidades do Mobile World Congress com o TeK, que está no terreno em Barcelona a fazer a cobertura do maior evento de dispositivos móveis do mundo

Source: Sapo TeK