MWC17: Wiko reforça aposta no segmento de gama mais alta com novo smartphone

Chama-se WIM e é o novo smartphone que a marca francesa estreia no MWC. A Wiko também introduziu novidades nas gamas U e Y, mas está claramente a “olhar para cima”.

O Mobile World Congress tem sido palco para várias novidades e a Wiko foi uma das empresas que aproveitou o evento para apresentar os seus mais recentes produtos. O grande destaque vai para o WIM, o novo topo de gama da marca francesa.

O smartphone é um dispositivo 4G com foco nas suas capacidades audiovisuais. Conta com uma câmara principal Dual, com sensor Sony de 13 MP e duas lentes, uma para preto e branco e outra para as cores, garantindo melhor nitidez e qualidade de imagem. Na frente a câmara tem um sensor de 16MP e “também incorpora flash, perfeito para os ‘viciados em selfies’”, mas esta não tem a mão da Sony.

Mas o principal “truque” da qualidade está por dentro, como explicou ao TeK Manuel Ferreira, responsável da marca em Portugal, adiantando que a Wiko conseguiu fazer uma parceria com a Qualcomm para o desenvolvimento de um chipset que tira mais partido das funcionalidades de câmaras de duplo sensor mas que não é tão caro como o usado por marcas como a Samsung e a Huawei. E por isso o WIM tem funcionalidades de topo, semelhantes na fotografia a um Huawei P9, mas o preço fica numa gama mais baixa, a rondar os 400 euros.

Este topo de gama também permite gravar com qualidade 4K e incorpora o sistema de estabilização de vídeo “Live Auto Zoom Vidhance” para “fazer filmes em movimento com a máxima definição”.

O ecrã AMOLED tem 5,5 polegadas e conta com tecnologia de 2,5D e resolução Full HD. Com tecnologia NFC, o WIM conta, também, com um processador Qualcomm Snapdragon 625 de nova geração e 4GB de memória RAM. A memória interna é de 64GB, a bateria tem capacidade para 3.200mAh e o sistema de carga rápida permite carregar 60% da bateria em 30 minutos.

Também existe a versão Lite. Este dispositivo tem um ecrã Full HD de 5 polegadas, 3GB de RAM e 32GB de memória RAM. O processador presente no smartphone é o Snapdragon 435 da Qualcomm. O preço ainda não está definido mas Manuel Ferreira admite que o WIN pode chegar ainda no primeiro semestre a Potugal.

Já na gama U, a Wiko apresentou o UPulse e o UPulse Lite. O primeiro tem um ecrã 2.5D de 5,5 polegadas e resolução HD. A câmara principal tem 13MP, que permite fotografar em HDR, e uma câmara frontal de 8MP. O processador tem quatro núcleos e uma velocidade de 1.3GHz e a memória RAM é de 3GB. A versão Lite só tem como diferença o tamanho, uma vez que o ecrã tem 5,2 polegadas.

A Wiko mostrou, ainda, o Jerry Max e o Sunny Max em que o principal destaque de ambos os smartphones são a bateria. O Jerry Max tem uma bateria de 4.900mAh e permite carregar outro dispositivo através da entrada OTG.

O processador da nova versão do Jerry tem quatro núcleos a 1,3GHz, 1GB de RAM e 8GB de ROM. O ecrã é de 5 polegadas e a câmara principal tem 5MP. Já o Sunny Max conta com uma bateria de 2.500mAh, processador quad-core de 1,3GHz e 512MB de RAM. O ecrã é de apenas 4 polegadas e a câmara principal tem 5MP.

Acompanhe todas as novidades do Mobile World Congress com o TeK, que está no terreno em Barcelona a fazer a cobertura do maior evento de dispositivos móveis do mundo

Source: Sapo TeK