Os computadores também avariam

Os computadores também avariam

Se há uma coisa que tem acontecido nestes tempos de confinamento, são avarias nos computadores. Um problema que sempre sucedeu, mas para o qual todos estão mais atentos. A grande maioria pelo uso mais intenso de chamadas de vídeo, que sobrecarregam as placas gráficas e processadores,  bloqueios devido a carga excessiva na Internet (o vídeo puxa bastante pelas máquinas) e patologias diversas que desaparecem com um reiniciar mágico.

 

A maior parte das pessoas tem conseguido resolver os problemas que vão surgindo, mas nem sempre é assim. Por vezes, a substituição da máquina é a única opção. Quando se trata do computador de trabalho a empresa deve ter capacidade para uma resposta rápida e eficiente. Mas quando se trata de um computador pessoal, os custos de intervenção técnica são incertos e apesar de estarmos em fase de desconfinamento, ainda há que ter cuidados e evitar ao máximo os contactos sociais.

 

Cuidados extra, com a nova realidade

A crise provocada pelo novo coronavírus ainda não terminou, apesar de, do ponto de vista económico, o Governo ter iniciado o processo de regresso à normalidade de forma faseada. Por isso, pelo menos até ao final de maio, haverá ainda uma grande maioria a trabalhar a partir de casa e, ao mesmo tempo, a acompanhar os filhos através das aulas à distância.

 

Computadores, smartphones e tablets continuam a ser as principais ferramentas de estudo e trabalho e qualquer falha significa uma carga acrescida de stress. Por isso, é muito importante manter os equipamentos a funcionar devidamente e limpos de todo e qualquer lixo que possa interferir com a performance.

 

A segurança é um dos pontos mais importantes. Com as crianças a usarem mais os equipamentos eletrónicos, é preciso ter muito cuidado com instalação de jogos e cliques em anúncios que, muitas vezes, podem conduzir a software malicioso. E, nunca é demais lembrar, desligar ou proteger as compras através de aplicações. Um antívirus informático é crucial para manter a saúde do computador.

 

Mas mesmo com todos estes cuidados o material informático sofre desgaste e é possível encontrar concordância na afirmação que bloqueia sempre quando mais se precisa dele. Por isso, ter um apoio disponível é crucial para ajudar a dar resposta a todos os imprevistos e evitar ter de ficar desligado em momentos cruciais.

 

Para todos os clientes MEO, existe a Linha Sou Smart. Uma linha de apoio telefónico para todos os clientes MEO disponível 24h/dia e 7 dias/semana. Através desta linha é possível obter ajuda para configurar equipamentos, realizar diagnósticos ou solucionar problemas em equipamentos, adquiridos, ou não, nas lojas MEO. Desde apoio informático a questões ou dúvidas relativas a transações na Internet, os especialistas desta linha apoiam os clientes à distância.

 

E como mais vale prevenir do que remediar, talvez este seja o momento para adquirir um novo equipamento, mais robusto e com capacidade de dar resposta aos desafios do presente e do futuro próximo. Com adultos e crianças a necessitar de aumentar o nível de digitalização, possuir ferramentas atuais é crucial para a competitividade a nível pessoal, escolar e profissional. 

 

Artigos Relacionados

  • Olhar para a nuvem, em tempos de isolamento

    As pessoas que têm filhos pequenos, mais difíceis de manter confinados ao espaço da casa, têm tido maior necessidade de adaptação.Saiba mais

  • Teletrabalho, como lidar com o Covid-19?

    Além do trabalho, há que tomar conta dos filhos e conseguir colocar em casa os bens necessários para alimentação e higiene.Saiba mais

  • Como preparar o terceiro período

    Como podem as famílias preparar-se para os próximos meses?Saiba mais

Soluções Recomendadas

  • Telemóveis

    Telemóveis

    Até 15GB de Internet GRÁTIS na compra de um smartphone.Saiba mais

  • Tablets

    Tablets

    A experiência mobile ampliadaSaiba mais

  • Antivírus

    Antivírus

    Navegue em segurança na Internet com soluções PandaSaiba mais

Source: Blog Meo