Portugueses fazem cada vez mais chamadas através da internet

Mais e mais são os portugueses que realizam chamadas telefónicas através de plataformas online. Um estudo da Marktest mostra que a taxa de penetração destes serviços chegou aos 26,6% em agosto.

Os serviços VoIP, ou, de acordo com a designação da ANACOM, “voz sobre o protocolo Internet”, permitem ao utilizador realizar chamadas telefónicas através da internet, utilizando um computador, um telemóvel com ligação à rede ou até mesmo um telefone fixo associado a um adaptador IP.

Um novo estudo da Marktest indica que ao longo dos últimos cinco anos a taxa de penetração dos serviços de VoIP aumentou quase 20%. Estes dados revelam uma crescente adoção destes novos paradigmas de comunicação.

Só nos últimos 30 dias, 2,3 milhões de portugueses entre os 15 e os 44 anos residentes em Portugal continental realizaram chamadas por VoIP. Estes serviços são disponbilizados por plataformas como, por exemplo, o Skype, o Messenger e o WhatsApp.

<!– Conditionally wrap elements in

A investigação aponta que estes serviços são mais utilizados pelos estratos mais jovens do universo estudado e que a representatividade é mais evidente nas regiões da Grande Lisboa e no Sul.

Junto dos estudantes, a taxa de penetração do VoIP atinge os 55,6%, fazendo desta categoria a que mais recorre a estes serviços.

A autoridade reguladora das comunicações em Portugal refere que estes serviços de chamadas através da internet são essenciais para dinamizar a competição no mercado das comunicações eletrónicas.

No entanto, um estudo recentemente publicado pela Comissão Europeia mostra que os cidadãos do bloco dos 28 estão cada vez mais preocupados com a privacidade das suas comunicações digitais, nas quais se enquadram os serviços de VoIP.

Mais de 76% dos europeus acredita que a sua privacidade digital precisa de ser reforçada, com a aplicação de regras mais austeras aos fornecedores destes serviços.

Source: Sapo TeK