Portugueses investem pouco em cibersegurança. E por isso ficam mais vulneráveis a ataques

As conclusões resultam de uma análise publicada pelo Ministério da Economia, que entre os “remédios” defende que o Estado devia fazer campanhas de sensibilização sobre os perigos online, não só para empresas, mas também para cidadãos.
Source: Sapo TeK