Recurso à tecnologia no IGEFE é "ponto sem retorno"

Desde 2017 que o Instituto de Gestão Financeira da Educação e as estruturas a seu encargo usam a plataforma de contratação pública eletrónica da Vortal. Como costuma acontecer noutros casos, a tecnologia primeiro estranhou-se, mas entretanto entranhou-se.  
Source: Sapo TeK